x

Feeed

Publicitária e professora de yoga? Sim!

por Aline Rossin
May 27th, 2019 » 12 (liⱴε)

Quando as pessoas descobrem que tenho essas duas profissões sempre me perguntam: mas como assim, algo tão oposto? Como vc consegue?


E minha reflexão é sempre a mesma: é justamente por isso que acho que consigo.

Estar à frente das áreas de Client Services e Business de uma agência de publicidade me faz viver o dia a dia frenético que isso traz. Prazos sempre curtos, expectativas sempre altas, desenvolvimento de novas soluções pros clientes, gestão de time e diferentes problemas diários são parte do meu dia dia. 


E uma constante, diante de um cenário como esse, muitas vezes  é a ansiedade. Ela, cada vez mais presente em ambientes  corporativos, é um dos grandes maus de quem trabalha controlando expectativas internas e externas, controlando o budget e pipeline comercial, negociando prazos e entregas e trabalhando todos os dias para conseguir fazer esse equilíbrio ser bom pra todos.


E aí que entra a Yoga. A yoga chegou na minha vida há 5 anos. E me tomou de um jeito que em menos de 1 ano já eu estava no Quênia fazendo um curso de formação. 

Voltei professora, com um certificado embaixo do braço e o primeiro lugar que escolhi pra dar aula foi justamente a agência que sou sócia e trabalho há 10 anos.


Desde então, já dei aula em alguns estúdios de São Paulo, projetos  corporativos e faço parte de um projeto social que leva a prática a lugares públicos gratuitamente desde final de 2016. 


E quando estou no meu tapetinho sendo professora de yoga (algo que nunca imaginei antes dos meus 32 anos), eu sinto e sei o que a maioria daquelas pessoas vem buscar. Eu sinto porque eu também busco isso quando estou do outro lado sendo aluna.


E lá, naquela 1 hora de prática, o meu lado publicitário me faz lembrar o que todos ali vivem no dia a dia. E me conecta com o que aprendi de maneira simples e tão transformadora: respire profundamente. Movimente o seu corpo. Escute os batimentos do seu coração. Enxergue os outros com o mesmo olho que você olha pra você mesmo.


Ao fazer isso, você volta pro seu centro. Volta pra quem você é. E ao sair do seu tapetinho, tente levar essa sensação gostosa com vc pra onde for. Isso é Yoga. 


Namastê!

Share